Foto de mulheres se beijando em igreja causa polêmica na web

Foto de mulheres se beijando em igreja causa polêmica na web

 

No Facebook de Cleison Brügger, um evangélico assembleiano, é possível encontrar um texto em que ele relata um ato desrespeitoso de duas mulheres homossexuais.
 
As duas mulheres aparecem em uma foto se beijando dentro de uma igreja em que o pastor Marco Feliciano está ministrando.
 
Em sua página no Facebook, Cleison desabafa sobre os reais objetivos desse tipo de comportamento dos homossexuais.
 
O texto do internauta já teve mais de 5.300 compartilhamentos pela rede. Confira a publicação na íntegra:
 
 
mulheres se beijam dentro de igreja evangélica
 
Uma foto está circulando na internet, onde duas mulheres foram até o Centenário Centro de Convenções da Assembleia de Deus, em Belém-PA, e tiraram uma foto se beijando dentro do recinto, enquanto Marco Feliciano estava no púlpito depois de ter ministrado. Gostaria de saber se existe algum caso em que um homossexual foi agredido por algum evangélico ou destratado em alguma igreja evangélica. Mas, certamente, foi exatamente isto que estas duas senhoras foram procurar. Elas adorariam ser linchadas, agredidas física ou verbalmente, adorariam ser retiradas, mas isto não aconteceu, pelo que consta. Mas elas se acharam no direito de entrar num local de culto e fazer algo que nem casais heterossexuais têm liberdade ou a permissão de fazer.
 
Nós não abominamos o beijo homossexual dentro da igreja. Abominamos qualquer tipo de beijo que não seja de cumprimento, pois entendemos que a igreja é um local de culto e exige reverência e respeito! Agora eles entram em nossas igrejas, profanam, desrespeitam, cometem torpeza dentro da casa de Deus e temos que ficar quietos porque se formos contra seremos homofóbicos! Isso é piada aos meus ouvidos, sem graça tal qual Zorra Total! Na verdade, zorra total é o que o movimento LGBT quer transformar nossa sociedade, nossos princípios e, agora, nossas igrejas!
 
As duas mulheres merecem ser identificadas e punidas, pois feriram não apenas um princípio da igreja, mas a Constituição. Certamente alegarão que aquele é um local público. Então, tente ir na praça e levar um banco, ou num Shopping e começar a gritar na escada rolante, ou num cinema e agir como se estivesse em casa e você será afastado, quando não punido. Público quer dizer que todos têm acesso e direito, e não que todo mundo faz o que bem entender. Se você vai num local, seja público ou privado, você deve acatar as regras do local. Se não quiser acatar, simples: não vá!
 
Não é um apelo aos cristãos apenas, mas a todos aqueles que zelam pela moralidade! Se o Alcorão é queimado em qualquer parte do Globo, guerra haverá! Mas se o local de culto ao Senhor é profanado, ficaremos calados? o que elas fizeram é um crime, e merecem ser punidas!
 
 
'