Sexo oral é pecado?

Sexo oral é pecado?

por Pastor Josué Gonçalves

Esta é uma pergunta que freqüentemente os casais me fazem, seja por e-mail ou quando eu ministro uma palestra sobre "Ajustamento Sexual." É interessante que não há nenhum texto na Bíblia que trate deste assunto de forma clara e objetiva. Por que a Bíblia silencia sobre esta questão? Por que o apóstolo Paulo não abordou sobre este assunto? Por que Jesus também não? Por que no livro de Levíticos, onde tantos assuntos na área do sexo são tratados, não encontramos nenhum versículo que fala sobre "sexo oral"?

Há pessoas que dizem que é pecado, porque o pênis e a vagina são partes do corpo contaminadas, sujas. O que muitos não sabem é que a parte do nosso corpo que mais contém bactérias é a nossa língua.

Primeiro – O sexo oral é uma questão que deve ser resolvida entre marido e mulher na presença de Deus. Esta é uma área em que ninguém pode decidir no lugar do casal.

Segundo - O apóstolo Paulo escreveu: "Mas eu digo: já que existe tanta imoralidade sexual, cada homem deve ter a sua própria esposa, e cada mulher, o seu próprio marido. O homem deve cumprir o seu dever como marido, e a mulher também deve cumprir o seu dever como esposa. A esposa não manda no seu próprio corpo; quem manda é o seu marido. Assim também o marido não manda no seu próprio corpo; quem manda é a sua esposa. Que os dois não se neguem um ao outro, a não ser que concordem em não ter relações por algum tempo a fim de se dedicar à oração. Mas depois devem voltar a ter relações, a fim de não caírem nas tentações de Satanás por não poderem se dominar." (1 Co 7.2-5).

Terceiro - Lemos no livro de Provérbios "Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade, corça de amores e gazela graciosa. Saciem-te os seus seios em todo o tempo; e embriaga-te sempre com as suas carícias." (Pv 5.18-19).

Quarto – O livro de Cantares diz: "

"Como você é linda, minha querida!

Como você me dá prazer!

Como é agradável a sua presença!

Você é tão graciosa como uma palmeira;

os seus seios são como cachos de tâmaras.

Vou subir na palmeira

e colher os seus frutos.

Os seus seios são para mim como cachos de uvas.

A sua boca tem o perfume das maçãs,

e os seus beijos são como vinho delicioso." (Ct 7.6-9)

"Vamos levantar cedo e olhar as parreiras,

para ver se elas já começaram a brotar.

Veremos se as flores estão se abrindo

e se as romãzeiras já estão em flor.

Ali eu lhe darei o meu amor." (Ct 7.12)

Lembre-se, Deus criou o sexo como um presente para ser guardado, celebrado e desfrutado dentro do contexto seguro do casamento. O orgasmo é uma dadiva divina!

'