Não deixe a mentira destruir a relação

Não deixe a mentira destruir a relação

O ditado popular nos diz que a mentira tem pernas curtas porque ela não costuma ir adiante. Mais cedo ou mais tarde o mentiroso (a) acaba caindo em contradição e é desmascarado. O hábito de mentir pode destruir um relacionamento, pois o que parece ser uma coisa boba pode virar uma grande bola de neve com o tempo.

A simples frase "vou jogar bola com os amigos" é capaz de causar uma grande dor de cabeça se não houver confiança no casamento. O diálogo, muitas vezes ausente, é a solução para esses problemas. Um casal cristão deve buscar em Deus a fé para enfrentar seus problemas e confiar n'Ele para a superação das dificuldades.

A importância do perdão

Perdoar uma traição, por exemplo, por mais complicado que seja, é um passo importante na vida do casal. De acordo com o bispo Edir Macedo no livro "O Perdão", não perdoar pode desencadear um retrocesso na vida da pessoa. "O perdão é a expressão mais forte do sentimento mais puro e limpo, que é o amor, sem o qual a vida não existe, os mares ficam secos, a Terra sem luz e o povo sem Deus. Quando guardamos qualquer ressentimento contra alguém, por menor que seja, ficamos presos a esta pessoa mais que todos os grilhões do mundo amarrados ao nosso corpo. Isto porque a nossa alma entra em prisão e a nossa vida para de se desenvolver. Entramos em um retrocesso extenuante", diz o bispo.

Discutir a relação

A dificuldade de muitos casais está em discutir a relação. O que pode parecer chato muitas vezes é a solução para um relacionamento que anda mal. Procure conversar com o seu parceiro, dando mais espaço a ele e participando mais de sua vida. Segundo o bispo Macedo, é preciso que ambos vivam a fé que professam para uma união estável. "Inicialmente, cada um dos cônjuges precisa ter tido a experiência do novo nascimento, para que a felicidade no casamento tenha condições de ser assegurada. Não basta ser religioso ou frequentador de uma determinada igreja evangélica. Não basta mesmo ser batizado com o Espírito Santo! É preciso muito mais! Tanto a esposa quanto o marido precisam viver a fé que professam, porque da comunhão diária com Deus vai depender o respeito mútuo e a paz no relacionamento entre eles", diz o bispo. Aproveite os momentos a dois e dê uma chance para que a felicidade entre de vez em sua vida.

Colaborou Aline Oliveira

'