Obesidade Espiritual

Obesidade Espiritual

No title Em 2003, quando minha filha estava com um ano de idade, comecei a ter alguns problemas de saúde. Dormia muito mal, vivia irritado e não tinha mais coragem para nada. Após ter passado mal fui a um médico que me pediu uma bateria de exames. Nesta época a reunião com meus amigos da igreja era feita em um posto de gasolina no período da tarde onde primeiramente comíamos um grande lanche de pernil e depois uma farta porção de torresmo pururuca, regado a varias garrafas pet de dois litros do refrigerante mais famoso do mundo. Estava pesando 125 quilos, usando óculos, sofrendo os males da vida desregrada, mas como eu gostava daqueles momentos; pareciam ser o mais importante para mim, pois podia estar junto com pessoas a quem considero muito e fazendo o algo prazeroso. Triste engano!

Os resultados dos exames chegaram e um amigo, cardiologista, cristão, deu o seu parecer: "Se continuar desse jeito você vai morrer"! Fiquei chocado! Minhas costas doíam, as pernas inchavam, não havia disposição quase que nenhuma, dormia mal, era mau-humorado, não tinha força física. O que fazer quando chegamos a este ponto? Natural é para o homem procurar resultados milagrosos e rápidos. Naquela semana decidi fazer uma cirurgia de redução de estômago e comecei a amadurecer esta idéia. Minha irmã é Coordenadora do Curso de Nutrição da UNIMEP, uma das Faculdades mais conhecidas no país, e pedi a ela que me inserisse em uma lista de pessoas para passar pelo processo cirúrgico. Ouvi muitas verdades de minha irmã do tipo: "Você não tem vergonha de chegar a esse ponto?" (Além de ser minha irmã é minha amiga, e amigos podem conversar assim ? Pv 27:5, 6 e 17 ? Leia). Após ouvir um sermão da nutricionista familiar fui à primeira entrevista e ouvi as seguintes explicações do renomado médico: "Vocês vão ter cortar a carne em cubinhos de meio centímetro quadrado para comer, vão ter de tomar suplemento a vida toda, pois a absorção de seus corpos mudará, se vocês engolirem um pedaço de bagaço de laranja podem me ligar, pois será preciso abrir vocês novamente". Fiquei aterrorizado!

Naquela mesma noite voltei para minha cidade natal e no carro conversava com minha esposa sobre minha falta de paz em fazer a cirurgia. Ela apenas concordava comigo. Já em casa fiz uma oração e pedi a Deus que falasse comigo sobre o que eu deveria fazer. Naquela noite tive um sonho e ouvi nitidamente a voz de Deus falando o seguinte: "Você está da mesma forma que minha igreja. Tem recebido muito alimento, mas não queima o suficiente para se manter saudável, está procurando uma forma rápida de resolver os problemas e não obedece minha disciplina". Acordei e perdi o sono.  Todos sabemos que a grande maioria da obesidade é o resultado do acumulo daquilo que ingerimos e não consumimos, é o excesso. Lembrei-me de meu cunhado, personal trainner cristão e esportista convicto, me falando que eu engordava por não fazer exercícios, que não queimava calorias suficientes para perder peso. Naquela manhã e tomei uma decisão que mudou minha vida, ministério, relacionamento conjugal e saúde e vida com os irmãos.

Decidi começar a caminhar e para isso precisava de incentivo e um irmão se ofereceu a ser o incentivador e todos os dias caminhava comigo, até na chuva. Não freqüentava mais "orgias alimentares" e havia decidido queimar calorias. Na igreja resolvi por em prática o que estava recebendo de alimento através da palavra, resolvi me empenhar na oração, na leitura bíblica, em estabelecer relacionamentos sólidos em Cristo com base na amizade entre irmãos, meu grupo de casa cresceu, pois passei a "queimar" calorias espirituais, cuidando de pessoas. Descobri que estava dentro de uma igreja por muito tempo engordando e sem saúde. Assim está a igreja hoje, recebe muito, se alimenta muito e de muitas fontes de alimento, e até come muitas porcarias, mas queima pouco do que recebe. As igrejas estão cheias de obesos espirituais, sabichões obesos que só dão trabalho, gente que quer uma solução rápida para seus problemas.

Após caminhar por um tempo comecei a fazer exercícios em uma academia e após seis meses perdi 25 quilos. A saúde voltou e a disposição aumentou e muito. Deus também me fez um milagre extra, com o emagrecimento a miopia acabou. Recentemente fiz exames de vista e passei em todos. O trabalho na igreja continua firme e contínuo, Deus me levou a novos desafios que estão sendo vencidos através de ouvir Sua voz e direção e tudo isto é a parte fácil.

A parte difícil é não mais engordar. Assim também a parte difícil é não se tornar um obeso espiritual. É preciso disciplina, direção e decisão, é preciso ter convicção de que obesidade espiritual causa morte do corpo. No plano físico é preciso policiar alimentação, horários de exercícios, hábitos saudáveis, e no plano espiritual é preciso alimento espiritual saudável, prática saudável do evangelho e disciplina de oração, leitura bíblica e estabelecimento de amizades com bases no relacionamento saudável em Cristo e entre nós, nada de buscar evangelho de varinha de condão, de respostas rápidas. Hoje oscilo entre 95 e 98 quilos, sem usar óculos, desfrutando da alegria do casamento e do convívio com os irmãos, gosto destes momentos e descobri com alegria e de forma saudável, física e espiritual, o prazer de estar junto com pessoas a quem considero muito e fazendo o algo verdadeiramente prazeroso.

Da mesma forma o profeta Daniel não se deixou vencer pelas iguarias do Rei (Dn 1:1 a 21), contudo manteve-se em uma rigorosa disciplina, tanto física como espiritual, devemos fazer com que nossas vidas sejam disciplinadas e mudadas, que coloquemos em prática aquilo que temos ouvido e nos mantenhamos saudáveis, deixemos de engordar assentados nas cadeiras igregeiras. Voltemos nossa vida à disciplina.

Valdir Ávila S. Junior é pastor, teólogo, músico e produtor musical. Participou com a Ruach Ministries International de viagem missionária à Finlândia com Asaph Borba e Donald Stoll, fundadores do Estúdio Life (RS). Gravou com Adhemar de Campos, Daniel Souza, Gerson Ortega, Gregório McNutt, Nívea Soares, Massao Suguihara, Sostenes Mendes e David Quinlan.

Foi pastor em Botucatu onde dirigiu grupos relacionados ao louvor congregacional, tais como: dança, libras, backing vocals, coral, músicos e técnicos de áudio. Implantou o Estúdio Voima que já produziu e gravou vários outros trabalhos pelo Brasil. Atualmente é Pastor da Igreja Bíblica Evangélica de Piracicaba, cidade onde reside e tem se dedicado ao ministério da palavra.

É integrante do Conselho Editorial da Revista Impacto - Americana.- www.revistaimpacto.com

Site pessoal: www.vidanaverdade.com.br - e.mail:prvaldiravila@vidanaverdade.com.br

Proprietário da Escola de Educação Infantil e Berçário Cercado de amor, uma escola com princípios cristãos, que cuida de crianças entre zero e cinco ano de idade. www.cercadodeamor.com.br

GUIA-ME RECOMENDA

'